NELAS VEJO MINHA ALMA

NELAS VEJO MINHA ALMA
A suprema felicidade da vida é ter a convicção de que somos amados.

Seguidores

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

ENCONTRO



Encontre-me vento noturno...
Abrace-me nos distantes jardins,
Deixa-me ser sua flor em pele...
Deixa misteriosamente encontrar seu sorriso
Mesmo que no silêncio só ouça os gemidos...
Me dê sua imagem, seus olhos, seu suspiro...
Que te entrego meus segredos mais lindos...
Encontre-me...
No vento noturno
Nesse amor bandido.

Encontro-te...
Por entre o vento,
De amor suavemente adormecido...
Oh brisa tão suave e tão pura,
Que deixais minh`alma estremecida
Quando a acariciais com tanta ternura...
E me entrego fluido ao vosso cuidado
No silêncio da noite tão sentida,
Por entre a luz que vem prateada
Difundir teus segredos à minha vida...
Encontro-te...
Na brisa já despida
Soprando versos à minha chegada!

Adriana Leal & Loucopoeta
©direitos reservados

2 comentários:

  1. ~~~

    ...e por entre o vento
    encontro a poesia do teu olhar!
    ...e por entre a brisa
    sinto teus versos minha pele afagar!

    Beijos eternos...

    Loucopoeta

    ~~~

    .

    ResponderExcluir
  2. .
    ~~~

    ... passando aqui,
    para sentir teu cheiro
    por entre o perfume
    das tuas perfumadas
    palavras...que me levam
    a inalar tua pura alma!

    Beijo...Loucopoeta!

    ~~~

    .

    ResponderExcluir