NELAS VEJO MINHA ALMA

NELAS VEJO MINHA ALMA
A suprema felicidade da vida é ter a convicção de que somos amados.

Seguidores

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

APRENDIZ DO AMOR


Diante de tudo, ou quase nada
Depois que partiste
Perdi a clareza
A tranqüilidade
E, Perante as incertezas
A dor de um amor perdido
Tornei-me um homem obscuro
Sem norte, quase sem vida
Vivendo na sombra da noite
Na claridade da lua
Em noites intermináveis
De madrugadas frias
E, para recobrar o controle
Tive que me entregar
Aos horrores da solidão
Fui e voltei varias vezes
Ao fim do mundo
Ao fundo do poço
E nessas idas e vindas
Descobri que quando
Trata-se de amor...
Sou um iniciante
Um aprendiz
Que tem muito a aprender

ELLino

Nenhum comentário:

Postar um comentário