NELAS VEJO MINHA ALMA

NELAS VEJO MINHA ALMA
A suprema felicidade da vida é ter a convicção de que somos amados.

Seguidores

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

POETISA GLORINHA GAIVOTA


Glorinha Gaivota
Não aprendi a valorizar títulos e brasões, no entanto amo os livros e o conhecimento que há neles, assim como dou valor imenso a dignidade, lealdade e as pessoas que lutam em prol da união verdadeira dos seres humanos. Não acho que nenhum erro mereça apoio, mas o companheiro que o praticar vai precisar sempre da luz da amizade para perceber o quanto é burrice caminhar na escuridão, quando estar na luz, é estar no caminho da alegria.
-Aproveito para dizer aos meus companheiros, que eu desejo que todos tenham no peito o verdadeiro amor, porque só ele dá respeito, dignidade e nos faz sermos menos egoístas, querendo só receber, esquecendo de doar. O virtual me tem decepcionado muito, quando vejo que tem pessoas que chegam, declaram amizade e depois saem das vidas umas das outras de forma tão fria. Gente isso não é correto, precisamos começar a refletir, precisamos aproveitar o virtual sim, para unir as pessoas, trabalharmos o amor, adquirirmos conhecimento e sabedoria, não para degradarmos uns aos outros.
E a mãe Lira, sentimento de pudico amor fez a inspiração abundar o meu peito, nascendo assim minha primeira poesia e desde então... Vou poetando a vida, por onde quer que eu for!

Nenhum comentário:

Postar um comentário