NELAS VEJO MINHA ALMA

NELAS VEJO MINHA ALMA
A suprema felicidade da vida é ter a convicção de que somos amados.

Seguidores

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

MENINA- MULHER



Tento encontrar-me no tempo...
De não mais um corpo de menina e,
sim no amadurecido corpo de mulher.
Na sensualidade me encontrei...
No charme que a vida me ensinou...
Trago paixões perdidas...
Lagrimas percorridas...
Mas não me dei por vencida!
Sou mulher segura a se ver e sentir
Sou menina na esperança indefinida.
A espera do amor, ainda me encantar...
Sou paixão em busca dos,
seus olhos a me enxergar
Serei mulher, ainda que menina...
Aos braços do homem que souber desvendar.

Olhos que cativam embelezam teu ser
Menina-mulher jeito lindo de viver
Paixões vão e vem nada a se perder
Mas o amor que está a procurar
Logo teu coração irá encontrar
Olhares perdidos no horizonte
Têm tudo para se achar
E a procura logo terá fim
E a menina-mulher
Que hoje está a encantar
Nos braços do amor
Irá se reencontrar
(Adriana Leal / André A.A)

4 comentários:

  1. Querida Adriana,
    mais uma vez parabéns pelo belíssimo trabalho.
    Admiro tua poesia e essa sensibilidade impar.
    beijos
    Regina Azenha

    ResponderExcluir
  2. Queria amiga tudo aqui está muito lindo
    Quero dizer que foi um prazer poetar com você.
    Mas uma vez parabéns pelo lindo trabalho e por
    Ter me proporcionado essa alegria de fazer
    Parte de tão seleta lista... Beijos

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns linda Poetisa
    suas poesias são belíssimas.
    Esse jardim das palavras simplesmente
    maravilhoso
    Gostaria também de deixar o meu
    carinho para uma pessoa muito especial
    Poeta André A.A que admiro muito .
    Beijos

    Bernadete

    ResponderExcluir