NELAS VEJO MINHA ALMA

NELAS VEJO MINHA ALMA
A suprema felicidade da vida é ter a convicção de que somos amados.

Seguidores

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

NOSSAS MÃOS...


A folha branca abraça as letras que nela marco com a tinta dos sonhos, onde te escrevo, noite após noite.
Nela desenho com caracteres a muito inventados, o teu corpo, de palavras feitas.
Sinto a cada frase os contornos de ti, imagino em cada parágrafo os detalhes da tua pele e em cada hífen descanso para te ler.
Sentado, na penumbra deste lugar, onde a noite me encontra cada dia, deixo a minha mão voar, como cinzel sobre o mármore eterno.
As formas nascem, e nasces da folha de papel, por entre metáforas, com a beleza deste momento em que consigo definir-te a essência e tornar-te vida.
Não, não é um mero personagem de uma história qualquer, vi-te, sem nunca te olhar, na realidade da vida, por entre palavras escondidas.
Aguardo com serenidade o amanhecer, que trata com ele as tuas palavras, com que também tu desenhas este corpo que não conheces.
Descobrindo a cada passo um caminho novo, pontuado de sensações,
Acentuado com emoções, e escrito com a tua mão sobre a minha.

ENZO O MAGO

Um comentário:

  1. Belas metáforas...é bonito escrever de forma velada...

    Abraço*

    ResponderExcluir