NELAS VEJO MINHA ALMA

NELAS VEJO MINHA ALMA
A suprema felicidade da vida é ter a convicção de que somos amados.

Seguidores

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Um coração


Sem querer,
Nem perceber,
Tenho um coração.
Esfecelado,
Abandonado,
Jogado ao chão.
Perdido,
Iludido,
Por uma paixão.
Sozinho,
Sem caminho,
Como alma penada.
Caminhando,
Sonhando,
Pelas curvas da estrada.
Juntando,
Levando,
Restos da minha alma despedaçada.
Doído,
Corroído,
Sangrando machucado.
J. B. Ziegler

jbziegler@hotmail.com

Um comentário:

  1. Por dias,meses,ou até anos nos permitimos deixar nosso coração tão estraçalhado!!!
    Meu coração,muitas vezes,esteve assim...
    Mas um dia ele volta a amar bem.
    beijos cheios de poesia e sonhos
    Da Cris

    ResponderExcluir