NELAS VEJO MINHA ALMA

NELAS VEJO MINHA ALMA
A suprema felicidade da vida é ter a convicção de que somos amados.

Seguidores

quinta-feira, 18 de março de 2010

Lembranças!



Deliberadamente tomo da pena para transpor de mim
para teus olhos e assim atingir teu peito,
os sentimentos que me tomam de assalto o coração nesta manhã fria de outono,
já quase inverno...
São grãos das areias perdidas de um passado próximo
que inda me empreguinam o espírito
e me põe em sonhos mesmo quando já raiado é o dia...
São fagulhas, estrelinhas,
de um amor em explosão que consumiu varias de minhas noites,
banhado nos charcos cristalinos de teus amores...
São pétalas que ainda coladas a meu peito,
Teimam em guardar teu perfume colado em meu ser,
como se fora tatuagem tua, em mim fundida em fogo...
São lembranças, das quais tu és a parte maior e melhor,
reflexos dos dias em que a felicidade por generosidade tua
fazia morada em meu peito...


Santaroza

Nenhum comentário:

Postar um comentário