NELAS VEJO MINHA ALMA

NELAS VEJO MINHA ALMA
A suprema felicidade da vida é ter a convicção de que somos amados.

Seguidores

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

NA MARGEM DO MAR

Não sei o que posso achar
quando a manha chega aqui na margem do mar
a onde deixo que o coração siga esse leve balançar das águas
que no meu peito roga aquela linda imagem do meu sonhar
e de novo te vejo, amiga chegar
aqui nessa praia seus pés nesse areal me tiram a minha agonia
me faz pensar de ser especial
a uma pessoa sadia que me veio com seu estile mortal
com essa longa saia me fez quer tirar de você todo malmas
depois fechei os olhos e vi que era um sonho
como faço a viver sem seu carinho nessa vida dura,
pois sei que de você preciso
Poeta Azul

Nenhum comentário:

Postar um comentário