NELAS VEJO MINHA ALMA

NELAS VEJO MINHA ALMA
A suprema felicidade da vida é ter a convicção de que somos amados.

Seguidores

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

A FADA E O CAVALEIRO



A FADA E O CAVALEIRO

Não queria eu
Despetalar uma rosa vermelha
Sobre o teu corpo vencido.
Nem recolher
Ainda que, com carinho,
O linho perfumado
Das tuas vestes
Largadas a meio caminho.
O que eu faria
Do teu cavalo alado
Com o qual me visitas
Obrigando-me a voar,
De estrela em estrela,
Sob um céu desenhado.
Ainda há Colada em ti
A minha sombra
Alma penada,
Criatura elementar
Tristonha fada,
Sonhando cavalgar
Pela vida, longa madrugada
Carregando num cristal
O coração prisioneiro.
Viagem no tempo errante
Por desertos e oceanos,
Reais por um instante:
Uma fada e seu cavaleiro...
Adriana Leal

Nenhum comentário:

Postar um comentário