NELAS VEJO MINHA ALMA

NELAS VEJO MINHA ALMA
A suprema felicidade da vida é ter a convicção de que somos amados.

Seguidores

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

O AMOR




O amor
Não é transitório
Enganam-se quem se entrega ao desvario de um momento
Chora, grita, transborda o peito de sensações
Jura amar eternamente alguém
Faz mil declarações
E como tempestade de verão
Logo passa

Classificar como amor
Esse desvario tempestuoso
De entrega
Jura
Perdição
É não ter percepção
O amor é chegada
Sem partida

Ninguém amou demais
Se hoje já não sente nada
Por mais mudança que haja
Um grande amor
Sempre guardado
No peito estará

Glorinha Gaivota – GG

Nenhum comentário:

Postar um comentário