NELAS VEJO MINHA ALMA

NELAS VEJO MINHA ALMA
A suprema felicidade da vida é ter a convicção de que somos amados.

Seguidores

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

AMOR QUE TRANSPORTA...




Esse amor nos absorve
nos encanta e nos transporta,
Por pensamentos
tão parecidos
Com tanto querer um pelo outro,
que nem sabemos mais
Quem se entregou no olhar...
Qual pensamento e de quem... Somos dois ou um a pensar
foi você quem riu?
Fui eu?
Fui eu que escutei ou disse
é exatamente aqui que eu queria estar agora?
Somos duas estrelas novas
tentando cintilar no firmamento
luz nova não transluz toda sintonia ainda
Ah! Mas como é bonito!
o brilho que da gente sai
Posso ouvir as nossas respirações descompassadas
inebriadas,
Minhas, nossas taquicardias que se compassam juntas
Quase consigo ouvir o barulho de sua entrega
Ternura singular que aquece e pluraliza nossos corpos
nossas mãos que tramam firmes por tanto bem querer
Os nossos corpos transcendem nas nuvens
Mais fácil é de ver nosso brilho novo
Perdemos-nos em delírios
hoje houve mais luz que o comum da noite
Era a lua
Era Vênus
E duas estrelas incontidas

Adriana Leal e Lupi Poeta



Um comentário:

  1. DEIXO AQUI MEU CARINHO .........POETAS (DUO) QUE AMO.......... PARABENS DRI ..AMIGA E LINDA POETISA .........LUPI ....È ESSE ENCANTO DE POETA E PESOA .SOU SUSPEITA PRA ELOGIOS .......... AFFFF LINDO POEMA MENINOS .MARAVILHOSO .........ME ESPERE HEIM DEU LUPINHO ........VOU TE CATAR MENINO ......... DRI .SENSACIONAL ,NOTA 10000000000 BRAVO ! BACI*

    ResponderExcluir