NELAS VEJO MINHA ALMA

NELAS VEJO MINHA ALMA
A suprema felicidade da vida é ter a convicção de que somos amados.

Seguidores

quarta-feira, 28 de julho de 2010

DESCUBRO-TE NAS ONDAS O MAR...


Teu corpo de água, quebra a rocha dura da vida e nasce para um mundo de sonhos e encantamentos.
Sou leito que te acolhe, que sente a tua suavidade resvalar sobre a minha pele.
Sou caminho que te leva por entre penhascos agrestes e te conduz ao mar tranqüilo que te recebe.
Neste caminho ondulante faço-te amor, sob forma de palavras como rio que desce velozmente pela encosta do teu ser.
Moldo a tua cintura com as minhas mãos, sinto-te os seios desnudos em meu peito roçar.
Sou agora o teu mar, que te acolhe mulher de formas esculturais, num abraço de amor e paixão, num instante de pura e simples ilusão.
sigo-te, desde que nasces até que adormece de menina a mulher,
De flor a fruto, num ciclo que não mais tem fim, por entre vidas a fio, descubro-te sempre, em tua própria nascente.
ENZO O MAGO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário