NELAS VEJO MINHA ALMA

NELAS VEJO MINHA ALMA
A suprema felicidade da vida é ter a convicção de que somos amados.

Seguidores

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Ao ver-te, Amor...



Saberei eu dizer-te dos vis sentimentos
Que em mim horas dor, horas alegria,
Horas tristeza, horas saudades e ventos,
Nas noites castas sem a tua companhia?!...

Saberei eu dizer-te sob esta voz fugidia
Que se fecha no meu peito, nos momentos,
Que me vejo ao teu lado em pensamentos,
No real amanhecer sob a luz do teu dia?!...

Horas quentes, horas frias, luz e nada...
Coração preso ao luar, uma noite gelada,
Uma noite irreal, na cobiça do teu calor!

Dizer-te eu queria os meus versos puros,
Os meus sonhos loucos, os desejos obscuros,
Dizer-te eu queria os meus versos de amor!...

(Poeta- Dolandmay)

Um comentário:

  1. Oi Adriana. Fiquei muito feliz por vê-la seguidora do Começar de Novo. Muito e muito obrigada; Virei com certeza visitá-la aqui no seu cantinho. Um beijinho e até breve
    Emília

    ResponderExcluir