NELAS VEJO MINHA ALMA

NELAS VEJO MINHA ALMA
A suprema felicidade da vida é ter a convicção de que somos amados.

Seguidores

quinta-feira, 18 de março de 2010

...AMOR NÃO TEM FIM!


...AMOR NÃO TEM FIM!

Louvando você, cantigas e rezas!
E a lua no céu, tão linda assim desmanchada, cantadora, ave trinada no céu que não tem fim!
O lenço em aceno clamando o adeus que nunca mais se foi... Em flor me despeço e juro a volta, você ficou... Virei te buscar, juro pelo Nosso Senhor aos pés do cruzeiro alumiado nos altos, volto e te busco.... Mulher!
Amor que não tem fim esse nosso, amor tão branco e lindo, parece sol... Dói os olhos de se olhar, parece a lua, tão linda de espiar... Te juro, eu volto!
Bebo água na sua cacimba, não quero outra fonte... Quero teu cheiro que fica lá, naquela cacimbinha por detrás da casinha... Onde você se banha! Somente lá quero beber, na água do seu banhar... Mulher!Te juro,eu volto!
O chã res...onde pisam seu pés eu hei de voltar a minha pisada, teu rastro e pegada, volto pelo mesmo caminho, tua pisada e estrada, volto por ela...te juro!
Espere-me assim... Jurando o amor que não tem fim!

Luiz Wood

Um comentário:

  1. acreditar no amor é inerente ao ser humano,até os que se dizem mais amargos,acreditam e querem viver o amor!!!
    VOLTAREI SEMPRE...
    GOSTARIA DE TER TUA VISITA no meu blog!
    beijos e um belo final de semana!!!

    ResponderExcluir