NELAS VEJO MINHA ALMA

NELAS VEJO MINHA ALMA
A suprema felicidade da vida é ter a convicção de que somos amados.

Seguidores

sábado, 23 de janeiro de 2010

Marcas


se bem ou mal me causa
e se meu dilema é triste
essa pode ser a oportunidade que me falta
já me foi tomado tantas vezes... o amor
e hoje sem conseguir amar ninguém
sem desejo e sem ternura
posso eu me entregar ?
e tão venenoso foi o beijo derradeiro
e tanta falta ainda me faz
o veneno que para mim seria a cura
posso até não tê-lo
hoje e para todo o sempre
mais em mim enquanto ainda tiver marcas suas
a outro não poderei pertencer.

Josinalda Lira

Um comentário:

  1. Parabéns, minha amiga poeta! Lindo o seu blog. Adoro ler as suas poesias! Vc é maravilhosa, encantadora!!! Beijos e abraços poéticos,
    Antonio Carlos

    ResponderExcluir