NELAS VEJO MINHA ALMA

NELAS VEJO MINHA ALMA
A suprema felicidade da vida é ter a convicção de que somos amados.

Seguidores

segunda-feira, 4 de maio de 2009

TARDE DE MAIS



Tarde demais! Espressão dura,
machuca a alma bordando lágrimas
nos olhos, chama da vela apaga-se
batendo em uma realidade cruel.

Tarde demais! Coração ouviu
e sangrou, sonho desfeito num instante
onde lamparinas foram apagadas,
lampiões de esperanças sufocaram.

Tarde demais! Horas mortas já fazem
parte do cotidiano, negro terror
dentro do pranto, perfume exalado
do frasco, beleza da rosa perdida.

Tarde demais! Descoberta do ardil,
absoluta armadilha pensada, pavio
aceso queimava nos cantos, tramava
perder o perfume das rosas! Tarde demais!

Marta Peres

Nenhum comentário:

Postar um comentário