NELAS VEJO MINHA ALMA

NELAS VEJO MINHA ALMA
A suprema felicidade da vida é ter a convicção de que somos amados.

Seguidores

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Vulcão


Vulcão

No silêncio da minha espera
Ouço os gritos de teu sofrer...
Meu coração louco desespera
Pra tua alma socorrer.

Donde estás? Oh! Meu Amor
Já é noite - trevas de tormento
Tua voz formai o vento...
Das tempestades - no furor.

Meu Deus! Que aflição!
A lua não terá mais cor...
Sem ter do meu Amor
Tua meiga expressão...

Navegarei... No pensamento
Da tu 'alma, em teus desejos
E nos meus ardentes beijos
Te levarei... Contentamento.

Nas rajadas de minha saudade
Forças divinas irei de ter...
Vulcão - no vigor da mocidade
Pra tua alma socorrer.

(Dolandmay)

Nenhum comentário:

Postar um comentário