NELAS VEJO MINHA ALMA

NELAS VEJO MINHA ALMA
A suprema felicidade da vida é ter a convicção de que somos amados.

Seguidores

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Dueto--Dolandmay Valquiria Cordeiro


Partiu a rosa...Segue...suportarei minha dor

Sei que estarei no teu coração

Um dia voltará, rosa do amor...

Reluzindo em desejos e paixão!...

Seguirei...meu doce amor!

Levando comigo tudo de você,

E no peito a insuportável dor,

Somada ao medo de te perder...

Mas, por que segues radiante?

Sabes que sem ti não sei viver...

A sombra não irradia o teu semblante

Flor de pura graça - trevas faz doer!...

No meu rosto o riso é uma farsa,

Um disfarce de meu lamento

Em mim a angustia transpassa,

Penso em você a todo momento.

Rosa de carmim e de bom grado

Na saudade já me encontro

Não me exile de teu fado...

Ficarei na aflição do reencontro...

Voltarei...no encanto da primavera,

Reluzindo as cores da paixão...

Suportarei a dor e angústia da espera,

Pois tú, és o abrigo do meu coração!


Nenhum comentário:

Postar um comentário